O massacre de católicos no Egito: 44 mortos e 100 feridos
13/04/2017 - 9h22 em Notícias

 Dois atentados cometidos por integrantes do Estado Islâmico no Egito, falharam em seu objetivo principal, e ainda assim promoveram uma carnificina em nome de Alá.

O leitor precisa saber que a Igreja Católica Copta é uma das primeiras interpretações organizadas do cristianismo e seu estabelecimento em Alexandria, no Egito é atribuída diretamente a Marcos, o autor do primeiro evangelho do Novo Testamento. A Igreja Católica Copta é unida à Apostólica Romana, à Grega Ortodoxa, à Sirian (ou Siríaca) Ortodoxa, à Católica da Armênia e à Católica da Etiópia, apesar de cada uma delas não interferir na administração ou forma de propagação da fé das outras.

Seriam membros da Igreja Copta, atualmente em torno de 22 milhões de pessoas, das quais 20 milhões estão no Egito em meio a outros 60 milhões de muçulmanos majoritariamente sunitas.

ESTÁ A IGREJA COPTA EM GUERRA CONTRA O ESTADO ISLÂMICO?

Não, não está. Os coptas são minorias em todos os países onde residem e não compõe sequer parte dos governos destes países. No caso específico do Egito, os coptas são dhimis, cidadãos de segunda classe, obrigados a pagar imposto por não serem muçulmanos (como ocorria com os judeus lá ou em qualquer outro país islâmico) e com isso receberem a proteção do estado.

ENTÃO POR QUE O ISIS OS ATACOU E MATOU NESTE DOMINGO DE RAMOS?

É simples, desde que o leitor deseje entender que o conflito com o ISIS não é geopolítico, mas religioso, e que não pode ser resolvido com soluções políticas ou econômicas, mas apenas com extermínio de um dos lados do conflito: ou o ISIS é exterminado ou todo o resto do mundo deverá ser exterminado (o que é pouco provável) para eles prevalecerem. Os coptas vem sendo mortos no Egito e tendo suas mulheres estupradas desde a primavera árabe quando a Irmandade Muçulmano liderada por Morsi, conseguiu montar uma revolução, saudada pela mídia ocidental como democrática, mas cuja intenção aberta era a instauração da lei islâmica, da sharia no Egito. A Irmandade Muçulmana foi criada em 1923 no Cairo e todo o jihadismo posterior, ideologia salafi, ideologia takfiri, al Qaeda, Boko Haram e Estado Islâmico deriva desta organização. O Hamas, quando fundado denominava-se Irmandade Muçulmana Palestina. Os coptas egípcios foram trucidados pelos jihadistas egípcios do ISIS apenas por serem católicos. Nada mais que isso.

POR QUE O ATENTADO FALHOU?

O Papa Tawadros II era o alvo principal em Alexandria

Parece ter havido uma descoordenação entre os dois homens-bomba em cidades diferentes e as equipes que os transportaram. O primeiro homem-bomba não teve problemas para entrar na catedral copta da cidade de Tanta, 50 km ao norte do Cairo e se explodir no interior. Numa das fotos deste post vemos uma cena terrível com partes dos corpos dilacerados dos católicos ensacados sobre os bancos da igreja. O atentado na catedral de Alexandria, o centro da fé copta deveria ter sido realizado no mesmo momento ou até antes. Caso isto tivesse ocorrido, é muito provável que o papa copta, Tawadros II tivesse sido assassinado no ataque. Certamente alertados pelo primeiro ataque, o papa foi retirado da catedral e o segundo homem-bomba homicida-suicida não conseguiu entrar e se explodiu no lado de fora.

E O BISPO DE TANTA?

Ainda não foi divulgado se o Bispo Paula de Tanta, foi ferido ou não. Seis clérigos de sua igreja estão entre os assassinados.

Ainda não há notícias confirmadas sobre o que aconteceu como o Bispo Paula, uma das maiores autoridades eclesiásticas coptas, cuja sede localiza-se em Tanta. Nos últimos anos este bispo é basicamente o rosto copta na mídia egípcia, sempre se colocando ao lado do presidente Al-Sisi e reafirmando o patriotismo dos coptas. Na foto ele pode ser visto com outros líderes coptas cortando a fita de inauguração de alguma de suas instalações.

PARTE QUE CABE ÀS FAKE NEWS

Cabe a todo o sistema de fake news (notícias falsas) descaracterizar as vítimas e as igrejas como sendo parte do catolicismo, denominando-as apenas de coptas, como se isto fosse alto a parte, ou totalmente fora do ambiente católico.

MENSAGEM DO ISIS AO ASSUMIR O ATAQUE

“Os Cruzados e seus seguidores apóstatas devem ficar atentos porque a conta entre e nós e eles é muito grande, e eles irão pagá-la com um rio de sangue de seus filhos, se assim Deus o desejar”.

Fonte: https://www.menorahnet.com.br/8620-2/

COMENTÁRIOS