Quarta-feira, 21 de junho de 2017 às 12:10 em Notícias
Estado de Israel doa projetos conceituais a três municípios paranaenses

Os projetos foram entregues ao secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, pelo representante da Comunidade Israelita do Paraná, Charles London. Foto: Divulgação SEDU

Os municípios de Cascavel, Pato Branco e Paranaguá receberam Projetos Conceituais de Gestão e Monitoramento da Segurança Inteligente para serem aplicados em suas respectivas cidades.

Os municípios de Cascavel, Pato Branco e Paranaguá receberam nesta terça-feira (13) Projetos Conceituais de Gestão e Monitoramento da Segurança Inteligente para serem aplicados em suas respectivas cidades. Os projetos foram entregues ao secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, pelo representante da Comunidade Israelita do Paraná, Charles London. Em uma nova conceituação de gestão pública, os projetos se baseiam em pesquisas e estudos intensos nas três cidades e mostram a síntese de soluções inteligentes e os benefícios à população.

“É um salto para o futuro. As soluções praticadas nos três municípios pilotos serão ampliadas para todos os paranaenses”, disse Ratinho Junior.

Os projetos apresentam uma visão geral de soluções de cidades inteligentes. Para isto, foram estudadas e examinadas as ameaças, os riscos e desafios – em termos de segurança do cidadão – em cada um desses municípios.

Estamos trazendo ao Paraná a inteligência, os avanços tecnológicos e o que há de melhor no mundo para dar aos cidadãos melhor qualidade de vida. Os municípios iniciam por fases, mas serão ampliadas e estendidas aos poucos aos 399 municípios”, disse o secretário.

London destacou a expectativa de Israel na ajuda para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. “Smart City é ilimitada e jamais cessam os benefícios aos cidadãos. Este é um conceito inicial, mas os resultados são positivos como a redução da criminalidade, de acidentes de trânsito, além da felicidade de morar em uma cidade boa e tranquila, entre outras facilidades”, afirmou.

SAFE CITY – O evento dá prosseguimento à Carta de Intenções, assinada entre a Sedu/Paranacidade e o Consulado Geral de Israel, em julho de 2016, com objetivo de cooperação e execução de ações relacionadas à Smat City (Cidade Inteligente). Esta fase dá ênfase à Cidade Segura (Safe City), especialmente, na proteção e monitoramento das cidades e seus protocolos. Os objetivos a serem alcançados consideram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Entre eles está o de tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis; fortalecer os meios de implementação e, ainda, de revitalização da parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Para o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, também presente ao encontro, esses projetos quebram paradigmas de gestão de cidades. Já, Paranaguá, é considerada uma cidade estratégica para iniciar o projeto por abrigar o porto, porta de entrada e saída do Paraná. E Cascavel pelo apelo do agronegócio e a próximidade a outras fronteiras.

PRESENÇAS – Participaram ainda do evento representando o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, o diretor-presidente da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Alcione Tadeu Gomes; representando o prefeito de Paranaguá, Marcelo Elias Roque, o secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva, e o de Planejamento e Gestão, Sílvio Loyola.

Pelo Paranacidade, também estavam presentes o superintendente executivo, Wilson Lipski; o diretor de operações, Alvaro Cabrini Junior; e o analista de desenvolvimento municipal e articulador interno do Pacto Global, Geraldo Farias.

 

Fonte: http://www.pletz.com/blog/estado-de-israel-doa-projetos-conceituais-tres-municipios-paranaenses/

 

COMENTÁRIOS