Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
GUATEMALA ABRE EMBAIXADA DE JERUSALÉM, DOIS DIAS DEPOIS DOS EUA
17/05/2018 15:01 em Notícias

A Guatemala abriu sua embaixada em Jerusalém na manhã desta quarta-feira, dois dias depois que os EUA transferiram sua missão para a capital. O presidente do país da América Central, Jimmy Morales, e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu cortaram uma fita azul e branca e depois colocaram pedaços da fita nos bolsos dos paletós. "Este é o começo de algo extraordinário, ou eu diria, o recomeço de algo extraordinário, que é a relação entre a Guatemala e Israel", disse Netanyahu. “Ontem abrimos a embaixada americana em Jerusalém, há dois dias, e não é uma coincidência que a Guatemala esteja abrindo sua embaixada em Jerusalém logo no início. Você está sempre entre os primeiros, sempre entre os primeiros”, continuou Netanyahu, lembrando que a Guatemala foi a segunda nação, depois dos EUA, que reconheceu o Estado de Israel, em maio de 1948. Netanyahu mencionou que há uma rua em Israel nomeada em homenagem ao ex-embaixador do país na ONU, Jorge Garci a Granados. Há setenta e um anos, Granados desempenhou um papel crucial em convencer os países latino-americanos a votarem a favor da Resolução 181 da Assembléia Geral, que pedia a divisão da Palestina Mandatária em um Estado judeu e um Estado árabe. “Nós nos lembramos de nossos amigos e a Guatemala é nossa amiga - então e agora”, disse Netanyahu. "Compartilhamos tantos objetivos e valores, embora estivéssemos tão distantes", acrescentou, prometendo avançar o relacionamento bilateral de "maneiras práticas". No final de seu breve discurso, Netanyahu prometeu que sua próxima viagem à América Latina incluiria uma parada na Guatemala, embora ele não tenha anunciado planos concretos de viagem.

Fonte: ruajudaica.com.br

COMENTÁRIOS