Perseverança

Em 13 de junho de 2013 publiquei um texto alusivo a uma mensagem que recebemos de Nairobi, Àfrica. Hoje, 13 de junho de 2017, transcrevo o texto com muita alegria, pois continuamos na mesma linha de conduta, iniciada em agosto de 2010: 

Meus amigos, hoje foi um dia de bençãos para mim! Recebi de Nairobi, uma mensagem muito significativa para o nosso trabalho. Eis um pequeno trecho já traduzido

"Nós somos tão abençoados pela verdade maravilhosa que você prega, nós temos um orfanato, sou o fundador e gostaria de participar do seu ministério e trabalhar em conjunto." Mais à frente, diz a mensagem: "eu vou compartilhar com a nossa comunidade aqui, temos que começar a usar o nome do ministério e tornar-se sua subsidiária no Quênia, Africa."

Confesso que me senti muito feliz. Jamais pela vaidade, é claro, mas por saber que num país tão longínquo alguém está recebendo a nossa mensagem, seja pelo facebook, seja pela WebRádioRC, e isto atesta o cumprimento da ordem de Yeshua: Vão pelo mundo todo, anunciem as boas-novas a toda criação” (Marcos 16:15). Que o nosso D’us seja glorificado!

Num mundo tão conturbado, “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.(Lamentações 3:22)

Portanto, a situação do mundo atual só é desesperadora para os que não crêem no D’us vivo e na breve volta de seu Filho, Yeshua Ha Mashiach, Jesus, o Messias. Mas crer significa também fidelidade à Sua Palavra. Obedecer! Crer simplesmente, sem nenhum compromisso com Ela, até “os demônios creem, e tremem.” Hoje, mais do que nunca, senti o quanto isto é importante.

Um abraço a todos e orem por nós!

José Antônio Rodrigues Dias